Lei Aldir Blanc fortalece o Coletivo Imagens Faladas e as ações da fotografia do Quilombo do Sopapo

Um das entradas da Vila Anita Garibaldi. Nova câmera fotográfica do Colativo Imagens Faladas adquirida no projeto de aquisição de bens. Foto: Leandro Anton

Na tarde de 20 de julho o coletivo Fotográfico do Quilombo do Sopapo acompanhou a visita da Secretaria de Regularização Fundiária na Vila Anita Garibaldi que luta por sua regularização há 20 anos. O Imagens Faladas foi convidado por Rosaura, da Associação de Moradores Mulheres de Anita, para que pudéssemos fazer registros fotográficos e coletar alguns depoimentos para a produção de um documento audiovisual para a Associação da comunidade.

Esta visita oportunizou, mesmo dentro da pandemia e com todos os cuidados necessários para de distanciamento e uso de máscaras,  foi possível medir a importância da Lei Aldir Blanc e do projeto Rede Sopapo que o Ponto de Cultura aprovou no edital nº 10/2020 da SEDAC – RS. Graças a este edital foi possível adquirir novos equipamentos que terão fundamental importância para os processos de oficina fotográfica no Ponto de Cultura, mas também para colaborar com a memória do Bairro Cristal e de suas comunidades.

Leandro Anton com a câmera 90D com microfone acoplado coletando depoimentos. Equipamento adquirido no projeto de aquisição de bens. Foto: Maria Eduarda Silva

Nesta tarde foi a primeira que entrou em ação a câmera 90D e o microfone direcional, que possibilitou fazer além das fotografias a coleta dos depoimentos na visita.

foto: Maria Eduarda Silva

O projeto Ponto de Cultura Quilombo do Sopapo (Rede Sopapo) é realizado pela Associação Ponto de Cultura Quilombo do Sopapo através do Edital SEDAC nº 10/2020 – Edital de Concurso Aquisição de Bens e Materiais, no âmbito da Lei Aldir Blanc RS.

#QuilomboDoSopapoSempre #LeiAldirBlanc #CulturaViva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + 8 =